logotipo ecoescolas.jpg​​

Blogue

abr 26
ALTERAÇÃO DO ENDEREÇO DA PÁGINA WEB DO AGRUPAMENTO

​​

Por decisão do fornecedor onde se encontra alojada a página web do agrupamento, esta deixará de estar online.
A nova página oficial do Agrupamento de Escolas José Sanches e S. Vicente da Beira estará disponível aqui:





abr 07
Agradável momento musical

Decorreu hoje, no Jardim de Infância de Alcains, dia 6 de abril um agradável momento musical proporcionado por um avô e seus convidados, no âmbito do projeto "Hoje temos uma visita..." partilhado com os encarregados de educação e familiares. Agradecemos a disponibilidade e o carinho com que nos transmitiram melodias de sempre.

Educadora Catarina Caramelo

thumbnail_20170406_110158.jpg

thumbnail_20170406_110228.jpg

thumbnail_20170406_112709.jpg

IMG_20170406_110221.jpg

abr 06
Caça aos ovos de Páscoa

As crianças do Jardim  de Infância e da Escola do 1.º ciclo da Lardosa passaram a tarde de terça-feira no campo. Aproveitaram o bom tempo e fizeram um piquenique com as famílias, mas o momento mais esperado foi uma caça ao Ovo de Páscoa. O coelho não se esqueceu de ninguém e todos se divertiram.

Professora Maria Isabel Esteves

CIMG7277.JPG

CIMG7284.JPG

CIMG7289.JPG

CIMG7293.JPG

abr 06
Pequena Sereia

​No dia 31 de março, os alunos da educação pré-escolar assistiram ao musical "A Pequena Sereia", no Teatro Politeama, em Lisboa, estória com a qual cresceram. Esta atividade inseriu-se no projeto curricular desenvolvido neste ano letivo e designado "Pelas artes é que vamos". Revelou-se uma ótima escolha já que, as crianças, para além de terem adorado o espetáculo, puderam apreciar vários tipos de artes como a música, a dança, o drama, o canto, a cenografia, e até a própria arquitetura da sala de espetáculo. Foi uma viagem tranquila e com resultados relevantes para o desenvolvimento das crianças. 

Educadora Élia Martins

17523439_1610309102330528_2163339107401435487_n.jpg

17498592_1610088329019272_3828085899903713011_n.jpg 

P_20170331_141444.jpg 

P_20170331_145218.jpg 

P_20170331_150227.jpg

P_20170331_141541_LL.jpg

abr 06
Projeto +

​Aqui se apresentam trabalhos produzidos pelos alunos do Projeto+, no âmbito de uma parceria entre o Agrupamento de Escolas José Sanches e São Vicente da Beira e a Terceira Pessoa Associação.

Nestes trabalhos, cada aluno/a trabalhou o seu autorretrato, com recurso às técnicas do recorte, colagem, desenho e pintura. Através destes trabalhos os alunos exploraram as suas caraterísticas físicas e psicológicas, transformando-as depois em trabalhos plásticos de expressão e imaginação. Os trabalhos foram dirigidos por Ana Gil e Nuno Leão, mentores do projeto e diretores artísticos da Terceira Pessoa Associação."

Professor César ​Louro

Ana_small.jpg

Claudio_small.jpg 

Eduardo_small.jpg 

Fatima_small.jpg 

João_small.jpg 

Leandro_small.jpg

abr 06
Ação de Formação: Legislação e Documentação Processual relativa aos alunos com necessidades educativas especiais (NEE)

Na continua construção de uma cultura inclusiva e no desenvolvimento de respostas educativas no âmbito da educação para todos não podemos descurar as iniciativas de trabalho colaborativo, de partilha e divulgação entre todos os profissionais envolvidos.

Sendo o Processo Individual dos alunos um instrumento de registo que os acompanha em todo o seu percurso escolar, no que respeita aos alunos com NEE a sua gestão e organização é ainda mais importante atendendo ao conjunto de normativos legais que regulamentam o processo educativo e toda a documentação subjacente, bem como às especificidades do atendimento das suas necessidades.

Nesta perspetiva, dia 21 de março, na escola sede deste agrupamento, o Departamento de Educação Especial propôs-se partilhar essa informação, com destaque para a organização processual relativa a alunos com NEE, tendo como destinatários os professores, educadoras titulares/diretores de turma.

Departamento de Educação Especial

DSC04836.JPG 

DSC04837.JPG 

DSC04839.JPG

abr 03
Abertura de concurso para Técnicos de Atividades de Enriquecimento Curricular (AEC) - 2016/2017 - Ensino da Música

A Diretora,
Rosa Maria Pereira Caetano 








abr 03
Exposição "Aves da Beira Baixa" – Museu do Canteiro

No dia 24 de março de 2017, os alunos do 3.ºB da EB1 de Alcains foram ao Museu do Canteiro ver e observar com atenção uma exposição de pássaros. O autor desta exposição, o Sr. Joaquim Antunes, estava presente e explicou-nos algumas coisas sobre pássaros. A RTP também lá estava para nos filmar e entrevistar. Vimos várias fotografias de aves: grifos, abelharucos, guarda-rios…

Ouvimos uma história sobre um rapaz e um guarda-rios. De seguida, fizemos uma atividade em que tínhamos de pintar, recortar, dobrar e colar um pássaro num pauzinho. O meu ficou todo verdinho com enfeites roxos, azuis, amarelos, cor-de-rosa, pretos, castanhos, laranjas e vermelhos!

Esta experiência foi incrível, impressionante e gostava de repetir!

Gustavo Soares 3.ºB

Nota: Podem ver a nossa reportagem na página do Museu do Canteiro.

IMG_20170324_160013.jpg

IMG_20170324_151318 (1).jpg

IMG_20170324_145556.jpg

abr 03
Visita de estudo

No âmbito do desenvolvimento do Tronco Comum do Departamento da educação Pré-Escolar subordinado ao Tema "Pintura no mês de março", as crianças contactaram com diversas manifestações artísticas, na área das Artes Plásticas, em contexto de sala de aula. 

Após exploração da vida e obra do Mestre Manuel Cargaleiro, as crianças deste Jardim de Infância realizaram uma visita de estudo a um dos museus com o seu nome, situado na cidade de Castelo Branco (ficámos a saber que existe outro em Itália!).

Durante a visita, as crianças interpretaram algumas das suas obras, identificando as figuras geométricas que já conhecem e as principais cores, que  mais utiliza nas suas pinturas como o azul, verde, vermelho e amarelo entre outras..."uma paleta de cores"! 

Educadora Maria Celeste Martins

IMG_4217 (2).JPG

CIMG7943.JPG

CIMG7940.JPG

CIMG7911.JPG

abr 03
Textos do 4.ºB

​Poerma do Outono

Estamos no outono       

O outono é a época                                               

em que o vento                

arranja um passaporte

para soprar mais forte.

 A folha que dança no ar

É a folha que te vai animar.

A folha que te acorda

é aquela que te faz respirar.

Temos também o S. Martinho

E cheiro a castanhas assadas

Põe-se à prova o vinho

E caem algumas chuvadas.

Inês Gonçalves- 4.ºB


Se eu pudesse viajar no tempo

Se eu pudesse viajar no tempo

Estava sempre a viajar

Viajava e viajava,

Sempre sem parar.

Viajava no tempo dos Celtas,

Para os conhecer

E para os Iberos

Chegar a ver.

Viajar no tempo dos Romanos

Para ver a romanização

Incrível como naquele tempo

Existia tal civilização!

Rafael Silva- 4.ºB

Na Escola

Na escola

Aprender e brincar

Com os meus amigos

E a professora de arrasar.

Eu brinco no recreio

Até tocar.

Quando fizer "trrimm…"

Temos de entrar.

Primeiro Matemática

Depois Inglês

Sem esquecer o Estudo do meio

E o Português.

O nosso emprego na escola

É estudar,

Para depois

Irmos brincar!

Rafael Silva- 4º ano

Descrição de um colega

Eu vou descrever um menino

E não posso dizer quem é

Mas posso contar-vos

Que é alto como uma chaminé.

Os seus olhos são pretos

E o cabelo também.

Parecem azeitonas vindas do além.

Corre no alcatrão

A alta velocidade

Para mostrar a todos

A sua agilidade.

E agora que vos expliquei

Como ele é

Conseguem adivinhar

Quem é?

Rafael Silva- 4.ºB

A nova amizade de Alcains

Certo dia os habitantes de Alcains repararam que estava mais frio, mas também sentiam que era o início de uma nova amizade, entre Alcains e o vento.

O vento estranhou alguém gostar dele, então perguntou:

― Vocês gostam de min?

― Sim é claro, tu secas-nos a roupa, varres-nos as folhas do quintal e muito mais – reponderam os habitantes de Alcains.

― Obrigado pelos elogios, fizeram-me sentir melhor, vocês são os melhores amigos que alguém pode ter – disse o vento.

― Obrigado, então isso quer dizer que somos grandes amigos – perguntaram os habitantes de Alcains.

― Sim, claro! – respondeu o vento.

Passado alguns dias, o vento e os habitantes de Alcains voltaram a encontrar-se. Eles resolveram brincar e o jogo chamava-se: "quem voa mais alto", então o vento soprou cada vez com mais força enquanto os habitantes de Alcains voavam pelo ar e se riam.

Com este texto aprendi que para se fazer amigos não interessa se somos iguais ou parecidos ou se aquele não consegue pronunciar tão bem as letras o que importa é a amizade que temos dentro de nós e querer partilhá-la com os outros. 

Inês Gonçalves- 4.ºB

O terror na vila de Alcains

Certo dia os habitantes de Alcains repararam que estava mais frio. Era o vento que tinha chegado! O vento fez muitos estragos: mandou muitas árvores abaixo, despenteou as senhoras e fez com que os chapéus dos senhores voassem.   Os habitantes de Alcains depressa recompuseram, ou seja,   tudo voltou à forma normal. Passado alguns dias o vento voltou e fez exatamente a mesma coisa… Os habitantes de Alcains já estavam fartos.

― Vento, vai-te embora! Deixa-nos em paz! – disseram os

habitantes de Alcains.

―Porquê? – perguntou o vento.

―Nós só queremos que te vás embora, porque andas a destruir a nossa vila. Se tu viesses só para nos dar apenas um pouco de fresquinho, aí sim, podes ficar. – responderam os habitantes de Alcains.

―Está bem, prometo que não destruo mais a vossa vila – disse o vento.

E assim foi, a partir daí os habitantes de Alcains viveram mais sossegados e felizes, aproveitando o vento para secarem as suas roupas.

E assim viveram felizes para sempre.

Inês Gonçalves- 4.ºB

A lenda do desenho da abóbora

Na sexta-feira anterior a nossa professora, deu -nos um desenho para nós pintarmos, e trazer na segunda-feira, eu trouxe o desenho mas só tinha pintado metade. Como não tinha pintado o desenho todo, ainda o tinha na capa de elásticos. Quando cheguei a casa abri-a e o desenho tinha adquirido vida!

    -Olá, eu sou o Bobo, a tua abóbora! - Disse a abóbora     

    -Ma…s, como é possível teres ganho vida? 

   -Sabes, todas as abóboras gostam de ser pintadas, senão ganham vida. Quais dos teus amigos não pintaram nada? E as abóboras que nem um risco de cor têm, ganham vida mas é vida má, não boa, como a minha, pois estava metade pintada.

    -Bom eu acho que sei. Foi o Lourenço, Tiago, Miguel e o Rodrigo, que não pintaram nada.

   -Então é melhor ires avisá-los, senão esses teus amigos vão andar, para o resto da vida deles com uma abóbora malvada atrás.

   -Está bem vamos avisá-los.

E lá fomos, a abóbora, (a Bobo) e eu, avisar os nossos amigos. Aflitos, lá lhes fomos dar o recado. Eu e o Bobo ajudámos os meus amigos a pintar as abóboras. Todos juntos conseguimos pintar as abóboras a tempo e assim eu e o Bobo fomos para a minha casa sossegados. Os meus amigos também vivem muito melhor assim, do que estarem a fugir de uma abóbora. Ainda bem que o Bobo nasceu, porque agora já sei que devo sempre pintar todos os desenhos!

​Inês Gonçalves – 4.ºano

​Professora Maria de Lurdes Bento

1 - 10Next

 Editor de Conteúdo